@Copy Right.2016.All Rights Reserved.




102ª Edição - 20 de janeiro de 2018 -







GM mostra primeiro carro de produção sem volante e pedais

Publicado em 12/01/2018

gm-cruise-av

Cruise AV, carro sem volante ou pedais da GM (Foto: Divulgação)

General Motors apresentou nesta sexta-feira (12) o Cruise AV, que a empresa considera ser o primeiro veículo de produção sem volante e pedais, completamente autônomo.

A fabricante também diz que pediu ao governo americano autorização para colocar o veículo nas ruas em 2019.

A proposta é utilizar uma frota de Cruise AV em serviços de transporte, semelhantes ao Uber, já no ano que vem.

‘Ele não bebe e dirige, não usa o celular enquanto dirige, não fica triste ou cansado, nunca se distrai e não produz emissões’ diz o comunicado.

A principal diferença, além de o veículo ser autônomo, a comunicação entre o cliente e o veículo será por meio de botões. A GM não esclareceu se haverá alguém no veículo junto com os passageiros.

Até então, nenhuma empresa lançou carros totalmente autônomos.

Como vai ser?

gmbarraautonomous01

Veículo autônomo da GM (Foto: Divulgação)

O Cruise AV tem como base um Bolt, um carro elétrico já à venda nos Estados Unidos.

Na fase de testes, ele rodou por milhares de quilômetros pelas ruas de São Francisco, nos Estados Unidos, mas em uma versão com volante e pedais, utilizados em casos de emergência. Neste próximo passo, a marca pretende retirar os comandos manuais do veículo.

Para isso, a GM se comprometeu a continuar testando o modelo em vias já conhecidas, e com mapas em alta definição.

Como funciona?

O Cruise AV utiliza uma série de recursos para conseguir ser conduzido sem qualquer auxílio dos ocupantes, dia e noite.

As 16 câmeras detectam pedestres, cicliastas, sinais de trânsito e espaços livres. Os 21 radares articulados servem para identificar outros veículos em movimento. Também há uma série de sensores de alta precisão, para detectar objetos em volta do carro.

Com isso, o Cruise AV reage a pedestres que apareçam repentinamente na frente do veículo, identifica cones em vias obstruídas e até dá preferência para veículos de emergência.

Fonte: Portal G1 – Auto Esporte